sexta-feira, 27 de maio de 2011

POESIAS...

TANTO QUE NÃO SABEMOS.

Você pensa que sabe de tudo,
gasta dinheiro com tanto querer.
Pra que jogar dinheiro fora,
se a inspiração está em você?

Pare de gastar dinheiro,
Valorize seu INTERIOR.
A vontade vem de você
e não do seu valor ($$$).

Contando com o que temos (Poder)
precisamos só mais de um pouco...
...um pouco de vontade de sermos diferentes
UNS DOS OUTROS.

Pare de gastar dinheiro,
valorize seu interior.
A sabedoria não é comprada,
mas é conquistada com muito LABOR.

Não dê valor (sangue) ao dinheiro
e nem ao PODER.
Pois essa praga o mundo já "o" tem 
E não precisa mais de um
Igual a você!!!!!!!!!!

xVANDERxCHEx, xCLEITONx E DIEGO.

POESIAS...

ESSA DES-ILUSÃO ME INCOMODA.

Sempre pensei que o mundo fosse assim:
"As pessoas sempre felizes e com o ar bem agradável."
Mas a minha grande surpresa foi a seguinte:
"Parei de ser criança e encherguei o outro lado..."

Aquele lado mais sério e desagradável
onde a realidade passou a ser esta:
"O mundo não é tão maravilhoso e nem honesto.
Só há tristeza, e a desilusão é o que resta."

Aquele olhar se desmanchou,
portanto eu vou ficar aqui sozinho
e magoado por não ter realizado
aquela esperança (utopia) de um dia ser feliz
igual a uma CRIANÇA.

xVANDERxCHEx
2005

POESIAS...

A Dificuldade FACE a FACE

Não adianta mais fugir.
Não quero mais pensar que os problemas foram resolvidos.
Seja forte, não desista do que quer
aprenda com os teus erros e fracassos.
Cair faz parte, não adianta se esconder,
por detrás de um escudo infalível
que te proteje e que te faz SOFRER.

A situação pode ficar pior.
Atrás daquele lindo gesto, existe uma face ocular,
na qual não deve confiar.
Toda esta distração pode destruir
o caminho no qual o teu coração pede pra você ir...

Hoje não...
...hoje você não deve voltar
pra reparar onde errou, pois esta feito.
Não adianta se arrepender, passado é passado.
Siga em frente sem medo.
Não se recuse a pertencer
a este sentimento que quer te provar
que a fúria é mais forte que o teu ORGULHO.

xVANDERxCHEx
2005

POESIAS...

SÓ ALEGRIA...

A VIDA É ASSIM MESMO:
UNS GANHAM MUITO, OUTROS MUITO POUCO.
PORÉM A SATISFAÇÃO DE VIVER
É CONHECER PESSOAS BOAS.

SERIA IRONIA DIZER
QUE SÓ O CERTO É FIRMEZA. 
QUE NADA,
NESTA VIDA JÁ CONHECI
ATÉ BANDIDO DA PESADA.

MAS E DAÍ, O QUE ISSO QUER DIZER?
SINCERAMENTE PRA MIM,
NÃO QUER DIZER NADA.
O QUE VALE É A SATISFAÇÃO E NADA MAIS.

AS AMIZADES SÃO LOUCAS,
HOJE VOCÊ TEM AMANHÃ VOCÊ NÃO SABE.
AINDA BEM, POIS ISSO DA A POSSIBILIDADE
DE CONHECER NOVAS PESSOAS.

JÁ É, PRA MIM A VIDA É SÓ ALEGRIA.
APESAR DE VER TANTA TRISTEZA.
ESTAMOS AI NA CORRERIA E CONHECER
GENTE BOA É O QUE LIGA.

xVANDERxCHEx
2009

POEMA.

É ISSO.

ME SINTO PERDIDO, MUITAS VEZES SEM CHÃO.
QUERO CAMINHAR, MAS O PERCURSO ESTÁ CONFUSO, 
EMBARALHADO, COMPLICADO.
ACREDITO QUE SEJA ESSE O SIGNIFICADO
DA VIDA: CAMINHAR SEM SABER ONDE VAI DAR.

AS DORES JÁ ESTÃO ME CONSUMINDO, NÃO SINTO
MAIS MINHAS MÃOS E NEM MEUS DESEJOS.
OS MEDOS JÁ NÃO ME ASSUSTAM MAIS.
O QUE ME DEIXA INQUIETO É NÃO CONSEGUIR
BUSCAR NOVAS EXPERIÊNCIAS QUANDO SE ESTÁ FRACO, INCAPAZ.

GOSTARIA AO MENOS, TENTAR DESCOBRIR, 

PORQUE QUE TEMOS QUE SOFRER E ACREDITAR QUE NESTES MOMENTOS,
ÀS VEZES, ME SINTO TÃO SOZINHO?
TALVEZ EU NUNCA SAIBA DESTA RESPOSTA, 

MAS, ACREDITO QUE PRA TUDO TEM UMA EXPLICAÇÃO.
(DEPENDENDO, NEM VALE A PENA DESCOBRIR.)

TALVEZ A VIDA SEJA ISSO MESMO:
CHEIO DE INDAGAÇÕES E DÚVIDAS PERTINENTES.
TALVEZ ISSO SEJA UMA DAS EXPLICAÇÕES
PRA MINHA PERDIÇÃO.

E AO MESMO TEMPO ME DÁ VONTADE
DE DESCOBRIR ALGO DIFERENTE, 

QUE FUJA SINCERAMENTE DO PADRÃO.

ONDE ISSO VAI DAR? 

BOM, EU NÃO SEI.
PORÉM TENHO A CERTEZA 
QUE QUERO CONTINUAR...

E ONDE ISSO VAI DAR?
BOM, SINCERAMENTE, 

EU NÃO SEI!!!
SÓ QUERO VIVER SEM PENSAR
NO QUE HÁ DE ACONTECER
EM MINHA VIDA.

xVANDERxCHEx
2009

POESIAS...

O que é pra você???*

O que a RUA é pra você?
-Bom, pra mim é apenas asfalto.
-Sei lá, não é nada.
Mas na real, quem dá sentido a parada,
São aqueles (as) que vivem
E dependem sempre dela.
Pra se sustentar.
 
Os manos fazem os corres
Como as minas também.
Nas vielas da cidade
Você sempre encontra alguém
Com uma História de verdade
De quem realmente vive na pele
Esta dura realidade.
 
Vivemos nos perguntando:
“-O que a RUA é pra você?”
Pode ser um local de encontro
Ou simplesmente de passagem, pois
Somente quem vive nela e dela
Saberá ao mínimo responder com coerência
Qual é o sentido da RUA na quebrada.

xCHEx.
2010.

POESIAS...

PALAVREANDO MEUS SENTIMENTOS.

ANDO
CAMINHO
RESPIRO
DESCANÇO.

FALO
PENSO
REJEITO
NEGO.

GRITO
FINJO
ARREPENDIDO
SOFRIDO.

OLHO
REPARO
REFLITO
AJO.

CORRO
DIALÓGO
SUSPIRO
NADO.

PENSAMENTOS AD'VERSOS.
xCHEx
2010.

POESIAS...

SOIS ASSIM...

Meio confuso, perturbado.

De vez enquando me sinto cansado.
Cansado e, meio desanimado.
De confiar e ser considerado como desconfiado.

Talvez sejas assim, como

me sinto nas horas de devaneio.
Ou, se preferir, é assim que sou
quando estou no meio das ferar
defendendo-me das presas.

Sigo em frente, desbravando

meus medos e angústias.
Mas, as vezes tenho a sensação
que gritar sozinho é dar tiros no escuro
e acertar inocentes.

Inocentes? Bom, todos nós somos.

Sozinho, me sinto as vezes.
Força, é o que busco diariamente
Nesta Terra tão querida
e ao mesmo tempo tão SOFRIDA.

Sois assim...

Meio confuso, mas esperançoso.

.xCHEx.

.2010.

POESIAS...

SÓ MAIS 1.

Meio quieto, sem barulho, mas com muita ação e dedicação.
Sujeito a várias críticas, sujeito de várias variações,
sujeitos a serem sujeitos de fato.
Foi assim, tenso mas ao mesmo tempo tremendo, nos 2 sentidos.
Mas o que fica mesmo é a impressão daqueles/as que
presenciaram a exposição. (Se expondo).

Ao mesmo tempo que cotigaram a nossa Instalação.
Alguns murmurinhos foram ouvidos ao pé da letra

Que:
"O que vocês fazem na comunidade poderia ter acesso".
O complicado é re-dizer que: o que está feito, tá feito.
O que tá na rua é da RUA.

Ou NÃO?


xVANDERxCHEx.
2010.

POESIAS...

100 STRESS!

COMO FICAR DE BOA, 
SENDO QUE AS NOSSAS CRIANÇAS ESTÃO MORRENDO?
COMO SE SENTIR FELIZ, 

QUANDO O QUE ESCUTO É SÓ TRAGÉDIA, DERROTA E MORTE?
COMO EXPLICAR AQUILO 

QUE NÃO CONSIGO ENTENDER?
COMO SUPERAR MEUS MEDOS, 

SENDO QUE OS BICHOS PAPÕES ESTÃO À SOLTA E LIVRES?

ÀS VEZES, CULPAMOS NOSSOS PAIS

POR NOS AMEDRONTAR QUANDO ÉRAMOS CRIANÇAS.
MAS HOJE IMPLORAMOS POR AJUDA
QUANDO NOS DAMOS NO FUNDO DO POÇO E NA LAMA.

COMO FICAR TRANQUILO, 

SENDO QUE A VIDA PASSA TÃO DEPRESSA?
COMO ACHAR RESPONTAS, 

ONDE AS PERGUNTAS SÃO TÃO CONFUSAS E ESCROTAS?
COMO SENTIR O CHEIRO, 

SENDO QUE A PÓLVORA EMANA EM NOSSO LAR?
COMO DEIXAR SE LEVAR, 

SENDO QUE O CAMINHO É TURVO E ESCURO?
POIS NÃO DÁ PRA ENXERGAR.

MAS, EIS QUE AS LUZES 

APARECEM NO FIM DO TÚNEL.
E QUE ALGUMAS PESSOAS SE DOAM 

E NÃO MEDEM ESFORÇOS.

SENTIRMOS QUE NÃO ESTAMOS SOZINHOS/AS
,
É QUANDO ALGUMA  MÃO COMPANHEIRA.
AQUECE NOSSOS DEDOS,
QUE DIAS ANTES SERVIAM SOMENTE PRA APONTAR
TODOS OS NOSSOS ERROS.

A SAGA DA VIDA É VIVÊ-LA.

AS CONQUISTAS, SE CONSTITUIEM EM COLETIVOS.
AS MANOBRAS DEVEM SER EXATAS
PRA NO AMANHÃ DARMOS RISADAS 

DO QUE HOJE
FOI UMA DERROTA, 

UMA DESGRAÇA.

COMO ENCARAR ISSO, 

SEM SE MACHUCAR?
COMO SE SUJEITAR, 

AQUILO QUE PARECE NUNCA MUDAR?
COMO ARRISCAR, 

SEM AO MENOS TENTAR?
COMO ABRIGAR, 

SEM AMOR NOS RESTAR?

A RESPOSTA É ÚNICA:

COM MUITO STRESS, CAMPANHEIRO E COMPANHEIRA.
DIFICILMENTE VOCÊ CONSIGUIRÁ
FAZER ALGUMA MUDANÇA

NESTA VIDA.
PODE ACREDITAR!


xVANDERxCHEx
2010.
(ESTE TEXTO FIZ ALGUMAS REVISÕES, TIREI ALGUMAS PALAVRAS E TROQUEI-AS POR ALGUNS CANHÕES..)

POESIAS...

SEM TÍTULO.

Por que vivemos?
Por que sonhamos?

Por que sangramos?

Por que lutamos?


A vontade de viver

Não é culpa minha.

A ternura de sonhar

Vem da minha in-consciência.


Portanto, viver e sonhar são

Fatos importantes que me permitem
caminhar.

O caminho é complicado, 

Pois tem pedras e espinhos.
A escolha é somente tua

Seja forte companheiro(a), não recua.


Caminhar, ocupar, produzir, resisitir.

São verbos diretos que nos permitem prosseguir.


Por mais que alguns tentem nos derrubar

Sempre encontraremos alguém pra erguer nossa cabeça.

Pra juntar nossas ideias

Com prudência e esperteza.


Viver;

Sonhar;

Sangrar;

Lutar...


Por que de tudo isso?

Ahhhhh, a resposta está em você

Rapá!


xCHEx

2011

POESIAS...

EXPECTATIVA CONTÍNUA.

Comecei o ano firmeza.

Cheio de incertezas e desavenças.
Compliquei minha sentença.
Comuniquei minha existência.

*Compartilhei algumas das vivências
Com pessoas de boa convivência.
Caminhando com uma certeza:
Conquistar ou não, 
O que vale é a Experiência.

Colher o que se planta e
Compartilhar a mesa farta.
Convocar as nossas utopias pra
Cultivar outras semelhanças.

Chamar pra luta é
Conviver com a diferença.
Chamar pra luta é
Compromisso com a "Comuna".

Chamar pra luta é
Combater as Injustiças.
Chamar pra luta é
Criar alternativas pra
Encarar a Realidade
Nua e Crua em nossas
Quebradas.

QUE VIVEM:
Ensanguentadas,
Angustiadas,
Esperançosas e
Amistosas por uma proposta:
Conquistar a máxima
VITÓRIA.
xVANDERxCHEx
2011

POESIAS...

SEJA O QUE FOR.
 
As coisas acontecem geralmente ao relento,
Dos assovios dos pássaros que sobrevoam
As Cordilheiras anunciando algumas angústias 
Dos nossos Antepassados, 
Considerados: Marginalizados e discriminalizados
Por suas atitudes revolucionárias.

Seja como for, haja o que houver
Temos que caminhar com as cabeças erguidas
Pra mostrar que viemos pra ficar e pra lutar, 
Sem esperar que a solução
Esteja na Mão do Capitalista.

Que com suas artimanhas,
Dominam pessoas em busca de riquezas.
E dá em troca a ilusão que seremos sempre
Irmãos na esperteza.

Ahhhh, se o mundo inteiro me pudesse ouvir
Teria tanta coisa pra reclamar, 
Pois as nossas vidas estão sendo corrompidas
Com outro Sistema chamado Capitalar.

Pois o mesmo sistema esta pronto, pra
Captar as informações do mundo
E jogar em nosso LAR...

Seja lá como for, sejamos fortes pra destruir
Os que manobram estes horrores 
Que estão no ponto pra 
Nos Iludir.

Devemos ocupar, produzir os nossos sonhos
Sejam eles utópicos ou não, 
Tem que estar em nossos planos.

O que não dá pra fazer
É ficarmos aqui esperando, 
Com a convicção de que seremos Privilegiados(as)
Num sistema Des-capitalizado e Des-humano.

Desde a névoa gelada que cai nos capinzais,
Até o mormaço que recai nos campos do sertão.
Talvez seja esta a maneira que a Mãe Terra, 
Da nossa Santa Natureza nos pune com um Trovão.

Sua resposta é imediata, 
Por causa das nossas irresponsabilidades.
Que nós, seres humanos, provocamos
Na velocidade da desigualdade.

Que alguns deixam dominar
Nosso querido Chão.
Depois entram em nossos lares
Trazendo dor e lamentação.

Quem sabe um dia isto mude,
Pra que possamos vivenciar...
As mesmas utopias e sonhos,
Que nossos antepassados labutaram
Sem jamais cessar.

xCHEx
2011.

POESIAS...

É PRECISO PERSISTIR. (NEM QUE SEJA NUMA MERA POESIA).

Longe,
Constante.
Instigante.
Humilhante.

Farto,
Retrato.
Histórico.
Ideológico.

Chora,
Inglória.
Pessoas
Mortas.

Lutas
Intrigas,
Prós
Contra.

Cheirosa
Incessante
Grandiosa
Ofegante.

Quem sabe um dia
Podemos dizer sem ter medo.
Que o que mais queremos,
É respeito pelos nossos Direitos.

xCHEx.
2011.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

8ª INTERVENÇÃO ENCONTRO COM NIGGAZ 2011.


O que é?

O Encontro NIGGAZ desde 2004 é uma iniciativa de jovens artistas da cidade de São Paulo, mais precisamente das comunidades do distrito do Grajaú, extremo sul da capital paulista, esses artistas atuam principalmente por meio da intervenção urbana, são profissionais conhecidos também por grafiteiros. Esses estabelecem uma relação fortíssima com a cidade e com seus respectivos bairros. Articulados como um coletivo os Agentes Marginais desde 2007 com o Projeto Imargem, dialogam com a comunidade através de três eixos temáticos: arte, meio ambiente e convivência, trabalhando em suas intervenções; memória e poesia para os muros cinza e espaços degradados da região a partir da margem da cidade.

Porque o projeto?

Esta perspectiva representa a possibilidade de poder ampliar o alcance da produção artística contemporânea, contemplando ano após ano, bairros e mais bairros da região, atendendo o nosso objetivo de proporcionar fruição artística e encantamento para os paulistanos, em especial a população do extremo sul da cidade, com mais de 800.000 habitantes toda a área da é marcada por uma profunda exclusão social assim como um dos índices mais elevados de vulnerabilidade juvenil da cidade de São Paulo e que tem seus cotidianos endurecidos no transito nos exaustivos transportes públicos lotados em percursos indo e vindo de suas casas e que raramente dispõem de espaços de lazer e cultura.

Encontro Niggaz.

Trata-se de um encontro de artistas que fomenta memória e que tem em seu nome a homenagem a um importante artista local, o então jovem Alexandre da Hora falecido em Maio de 2003 aos 21 anos o Niggaz um percussor do Graffiti no Grajaú, influenciou muitos outros artistas de sua região e geração, assim como de outros lugares da cidade, onde grafitou suas inúmeras obras.
A partir de 2004 o encontro acontece anualmente nos mês de maio, em longos muros das comunidades do Grajaú, desde então o encontro contou aproximadamente 1000 participações de artistas, da cidade de São Paulo, com representações de grafiteiros de outros estados brasileiros e estrangeiros, artistas reconhecidos internacionalmente ou não, vem anualmente prestigiar este encontro das artes de rua, um dos mais importantes encontros de Graffiti do país.

O que e como faremos?

A presente proposta trata se da grafitagem dos muros externos locais estratégicos da Estação Primavera Interlagos e arredores.

Participantes diretos do encontro.

Baseado na ultima edição estima-se uma média de 300; grafiteiros de toda a região metropolitana de São Paulo entre os mais representativos da cena contemporânea nacional e internacional.
Data do evento

28 e 29 de Maio de 2011 ( sábado e domingo)

Locais
Ponte e muro externo da CPTM Estação Primavera Interlagos e arredores muros de particulares.

Endereço: Estação Primavera interlagos Esquina da Av. Presidente João Goulart e Rua Manuel Caldeira e Rua Jequirituba
Av. Presidente João Goulart
São Paulo, Brazil.

Nos vemos por lá…