segunda-feira, 13 de junho de 2011

APENAS INFÂNCIA...



FUI UM MENINO CHORÃO,
E TAMBÉM CHEIO DE MANHA.
MINHA MÃE SEMPRE ME DIZ:
"VOCÊ TAMBÉM JÁ FOI CRIANÇA".

ENGRAÇADO QUE TUDO ISSO 
EU NUNCA ME RECORDO.
MAS QUANDO EU ERA CRIANÇA
TIVE ATÉ CATAPORA.

AS CICATRIZES AINDA TENHO,
ESPALHADAS NO MEU ROSTO.
E UM GRANDE SINAL NO QUEIXO,
DE QUANDO CAÍ DE TRICICLO.

HOJE AINDA ME SINTO 
UMA ETERNA CRIANÇA
QUE DESEJA UM MUNDO COM HARMONIA.
QUE NÃO TENHA NENHUMA TRISTEZA,
MUITO MENOS VIOLÊNCIA.

TALVEZ SEJA APENAS UTOPIAS
DE MAIS UMA CRIANÇA
QUE QUER DESCOBRIR
PORQUE QUE NO MUNDO 
ACONTECEM TANTAS MUDANÇAS...
...E QUANDO ELAS ACONTECEM
ME ENTRISTECE 
E EU FAÇO MANHAS. (MINHAS REVOLTAS...)

xCHEx
2011


4 comentários:

Leandro Hoehne disse...

Da hora mano!

As manhas mudam de propósito! E quem não chora não mama, sabendo que não é bem de choro que estamos falando.

Aumentaram as angústias e as sobrancelhas também! hehehe

Belo texto!

Vander disse...

Opa Leandro, muito obrigado mano...
Na verdade este texto/poema/poesia/ saiu quando estava relembrando quando era uma criança e o quanto fui mimado... kkkkk, mas é da hora ver como mudamos - ou muitas vezes continuamos os mesmos - por vários motivos, mas as mudanças são sempre bem significativas...
Mas valeu mesmo, é isso ai. Abracios, fui.

xXx

Bruno Veloso disse...

Extremamente nostalgico, mas como ainda sou uma criança essas memórias me estão muito próximas. hehe

Abraços Che

Barraco Das Ideias disse...

sumemu irmão as vezes penso que a melhor parte da vida é a infancia, mas logo vejo que hj podemos fazer muito mais pelas infancias e vc é uma dessas pessoas que acredito muito valeu
abraço e trabalho pra noiz!