quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

TUDO NOVO, DE NOVO.

Pois é galera, mais um ano começa cheio de sonhos, paz, luz e com muita coisa em mente pra realizar, fazer basicamente tudo o que não conseguimos no ano que passou, e olha que não são poucas coisas. Mas, do ano velho não tenho do que reclamar, conheci novas pessoas, tive contato com diversas ações culturais e sociais na quebrada onde moro e consegui fortalecer um pouco mais das minha utopias e vontades. Acredito que 2010 foi um ano positivo e cheio de realizações surpreendentes com a minha família, e ainda bem que são de coisas boas.


Fazer uma balanço do ano passado não é fácil, mas vou tentar descrever aqui:


  • Projeto TENDA LITERÁRIA II foi contemplado pelo Programa VAI;
  • Firmei meu relacionamento com a Carla, minha companheira e namorada;
  • Carnaval em Minas Gerais, que foi muito loko e histórico;
  • Foto de Graffiti que saiu na Revista Graffiti Poético;
  • Poema "O que é pra você?" que sai na Revista Graffiti Poético;
  • Dar aula como eventual, foi pouco tempo mas valeu muito a pena; 
  • Viajem pra Taubaté com a minha companheira e com a galera do D.P.R.;
  • Ida ao Sarau da Cooperifa na zona sul de São Paulo;
  • Convite pra fazer Graffitis em encontros: São José dos Campos-SP;
  • Novas amizades: Atos e Mar, de Belo Horizonte-MG;
  • Sarau no Intervalo da Escola Estadual Geraldo Campos Moreria;
  • Participação nos Saraus do BUZO, Sububano Convicto, Os Mesquiteiros...
  • Conhecer a galera do Marginaliaria, Barraco das Ideias - Henrique, no Sarau da Fund. Tide Setubal;
  • Convites para realizar atividades em outras quebradas;
  • Feira do Livro de São Miguel Pta.
  • Poema: "Sois Assim" que saiu no FanZine dos: Os Mesquiteiros;
  • Minha aproximação com os coletivos culturais na quebrada;
  • Formação de uma rede, chamada: Cultura da Z/L pra fortalecer nossas ações e articular novas ações culturais;
  • Viajem para o Rio de Janeiro, em meio ao Conflito entre a Polícia e as Comunidades do Complexo do Alemão e da Vila Cruzeiro;
  • Novas amizades: Baga e Afro, ambos de Salvador-BA;
  • Manifesto em Prol a Casa de Cultura de Erm. Matarazzo;
  • Participação no Sarau do Coletivo Periferia Invisível;
  • Participação nos festivais dos projetos Perifacine, 2º Amostra de Teatro de Rua de Guarulhos;
  • Graffiti em Prédio ocupado pelo Movimento FLM de Moradia no Centro de São Paulo, FODAAA;
  • Meu irmão foi se tratar de seus problemas de saúde;
  • Natal com a família...
  • Ano Novo com a namorada e depois com a família... 
  •  
Enfim, como diz Roberto Carlos: "São tantas emoções..." que, as vezes acabamos nos esquecendo das maravilhas que acontecem em nossas vidas, com certeza teve tantas coisas boas mas estas são as que me recordo e que me orgulho demais. Sem dar nomes as bois, mas a parada foi tão significante pra mim que nem sei como agradecer a quem esteve ao meu lado, nem sempre foi fácil mas foi proveitoso e gostoso; ter possibilitado um diálogo maior entre a realidade que vivo e as necessidades que aqui existe me fez enchergar que ainda tenho muito que fazer, construir e realizar em parceria, em coletivo com a galera que quer realizar a mudança, a diferençana na quebrada de Ermelino Matarazzo.

Gostaria de deixar bem claro que a luta, minha e nossa continua neste ano, e temos muito o que fazer, suar e gritar por ter nossos direitos respeitados e efetuados. Não é fácil, mas quem disse que seria molesa?

Um feliz 2011 pra todos/as nós e um muito obrigado pra quem passa aqui apenas pra ver o que tem de novidade, isso me deixa contante pra caramba.

E isso é só o começo, abracios, fui.

"NÃO SE CORROMPER, PRA NÓIS JÁ É VITÓRIA" CRIOLO DOIDO.

2011 É NOSSO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

 xCHEx.