segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Clandestinos: Arte em Ruínas.



Ser Clandestino é ser desbravador, é ser sonhador, é ser responsável pelas atitudes, é viver o inesperado. 

Arte é pra liberta o mais íntimo sentimento de expressão, é criar em cima das coisas naturais, é modificar o existente, é problematizar o visível.

Ruínas é o descaso, o abandono, é o abrigo dos afugentados pelo sistema escravo e opressor, é se infiltrar em locais considerados como condenados e perigosos.

Clandestinos: Arte em Ruínas é o nome dado a este imenso e planejado trampo entre alguns coletivos culturais da região de Ermelino Matarazzo, Zona Leste de SP. A ideia principal do trabalho é: Como podemos Intervir - artisticamente - na Cidade de São Paulo? 

E ai está o nosso trabalho.

Portanto fiquem a vontade para verem e vislumbrarem a nossa intervenção feita e realizada por pessoas que acreditam na Arte e principalmente na Cultura, e que os espaços - por muitos abandonados - podem ser transformados em espaços culturais e de atividades sócio culturais e educativas.

DIA DA INTERVENÇÃO:
27 DE FEVEREIRO ÀS 19:00HS.
LOCAL:
ESTAÇÃO DE TREM: COMENDADOR ERMELINO.

Só colar.

Nenhum comentário: