sexta-feira, 4 de março de 2011

PROTESTO!!!



Ha dias que venho tentando descrever esta postagem referente a uma revolta que estou sentindo, e já faz um certo tempo, e hoje ela saiu. Infelizmente, é direcionado à aqueles/as que  se sentirem meio incomodados/as, ou mesmo se sintam conformados/as com alguma situação.

Quando montei este blog, a proposta inicial era registrar algumas impressões, sentimentos, atividades, pensamentos de um jovem - EU - que vive em uma busca incessante pela liberdade, respeito, igualdade e também pela junção das ideias e propostas para um bem comum.

Com o passar do tempo, adicionei alguns LINKS de pessoas que acho (achava) interessante em ter como contato, e até mesmo como forma de fazer uma divulgação pra que outras pessoas possam buscar aqui, como referencia ou mesmo por curiosidade. Mas, depois de um certo tempo vi que estava enganado, da lista de LINKS que tenho aqui neste blog, menos da metade, mas bem menos mesmo já acessaram, ou já tiveram a curiosidade de entrar aqui pra ver do que se trata, e sinceramente isso me incomoda pra porra.

Me incomoda pois fico imaginando também pra que que serve esta porcaria de: REDE SOCIAIS? Estou quase chegando a conclusão de que, tudo - ou a maioria - das coisas que escrevo acaba sendo palavras/ textos jogados ao relento, ao nada. Talvez escreva somente pra mim, que todos os dias entro nele pra ver se existe algum comentários - idiota ou não - sobre o que escrevo.

Talvez seja este o momento pra eu repensar sobre algumas coisas, e uma delas é sobre o meu blog. E tenho a quase convicção de que  as mudanças que irão acontecer aqui, talvez seja - mais uma vez - eu o único a ver isso.

Pois é, este meu blog também serve como desabafo - ou coisa que o valha. O que  mais me importa é que apenas pra algumas pessoas, a minoria eu acho, se importa um pouco com que escrevo ou com o que penso, e será exatamente pra estas poucas pessoas que irei deixar o meu mais sincero AGRADECIMENTO.

Fui.

E foda-se quem não gostar desta postagem, cansei de ser bom. Agora, ahhhhhhhhhhh, aguardem. Vocês terão que me aguentar, ou senão saiam da frente pra não se machucar ou se ferir.

xCHEx.
2011

2 comentários:

Bruno Arruda disse...

Vou escrever as mesmas palavras que escrevi a um amigo que tabmém se questionou, no blog dele:

"Quando eu leio os livros, não costumo escrever na contracapa o que achei deles. Guardo-os para mim e, diante do mundo, deixo-os vivos nas minhas ações. Sou o que li, o que vivi e o que senti... Por isso que escrever é o ato mais solidário que existe. Escrevemos sem esperar nada em troca (é claro, caso tenhamos um salário para tal, não seria tão ruim rs.). Não sei até onde vai a internet com a insistência de aproximar as pessoas. É o contato mais solitário que conheço. Ao invés de esperar os comentários, acredite que as suas palavras, em algum lugar, não me pergunte onde e nem quando, faça alguém ter reações, tais: choro, riso, solidão, alegria, raiva e o etecetara e tal. "Todo mundo quer falar, mas ninguém quer escutar". Falar é prata, escutar é ouro!"

Forte abraço, camarada!
A luta continua...

Vander disse...

Olá Bruno Arruda, concordo plenamente com suas palavras e posições, poré minha postagem se refere a outra questão: o da Simples consideração.
Quando escrevo, jamais pensei sobre a satisfação ou não do acesso ao blog, mas sim uma pequena retribuição como: Po cara, vi o que vc escreveu lá, que bacana, ou que merda de postagem... Não sei, ser POP no que escrevo não é a minha ideia, portanto o motivo do meu Desabafo é que, muitas pessoas conhecem e não estão nem ai, pessoas chegadas mesmo e dai me pergunto: Na rua nem olham na minha cara, mas mesmo assim faço - fazia - questão de ter nos contatos, e as vezes a retribuição é mínima.
Tomara que as coisas possam mudar, pois pra mim começa HOJE. E jamais deixarei de estar na luta, mas quero somar com quem esta ao meu lado, pois pessoas pra atrasar me lado já existem, e muitas.
Abracios Bruno e valeu pela sua postagem.
Isso me faz bem cara.

xXx