quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

TUDO NOVO, DE NOVO.

Pois é galera, mais um ano começa cheio de sonhos, paz, luz e com muita coisa em mente pra realizar, fazer basicamente tudo o que não conseguimos no ano que passou, e olha que não são poucas coisas. Mas, do ano velho não tenho do que reclamar, conheci novas pessoas, tive contato com diversas ações culturais e sociais na quebrada onde moro e consegui fortalecer um pouco mais das minha utopias e vontades. Acredito que 2010 foi um ano positivo e cheio de realizações surpreendentes com a minha família, e ainda bem que são de coisas boas.


Fazer uma balanço do ano passado não é fácil, mas vou tentar descrever aqui:


  • Projeto TENDA LITERÁRIA II foi contemplado pelo Programa VAI;
  • Firmei meu relacionamento com a Carla, minha companheira e namorada;
  • Carnaval em Minas Gerais, que foi muito loko e histórico;
  • Foto de Graffiti que saiu na Revista Graffiti Poético;
  • Poema "O que é pra você?" que sai na Revista Graffiti Poético;
  • Dar aula como eventual, foi pouco tempo mas valeu muito a pena; 
  • Viajem pra Taubaté com a minha companheira e com a galera do D.P.R.;
  • Ida ao Sarau da Cooperifa na zona sul de São Paulo;
  • Convite pra fazer Graffitis em encontros: São José dos Campos-SP;
  • Novas amizades: Atos e Mar, de Belo Horizonte-MG;
  • Sarau no Intervalo da Escola Estadual Geraldo Campos Moreria;
  • Participação nos Saraus do BUZO, Sububano Convicto, Os Mesquiteiros...
  • Conhecer a galera do Marginaliaria, Barraco das Ideias - Henrique, no Sarau da Fund. Tide Setubal;
  • Convites para realizar atividades em outras quebradas;
  • Feira do Livro de São Miguel Pta.
  • Poema: "Sois Assim" que saiu no FanZine dos: Os Mesquiteiros;
  • Minha aproximação com os coletivos culturais na quebrada;
  • Formação de uma rede, chamada: Cultura da Z/L pra fortalecer nossas ações e articular novas ações culturais;
  • Viajem para o Rio de Janeiro, em meio ao Conflito entre a Polícia e as Comunidades do Complexo do Alemão e da Vila Cruzeiro;
  • Novas amizades: Baga e Afro, ambos de Salvador-BA;
  • Manifesto em Prol a Casa de Cultura de Erm. Matarazzo;
  • Participação no Sarau do Coletivo Periferia Invisível;
  • Participação nos festivais dos projetos Perifacine, 2º Amostra de Teatro de Rua de Guarulhos;
  • Graffiti em Prédio ocupado pelo Movimento FLM de Moradia no Centro de São Paulo, FODAAA;
  • Meu irmão foi se tratar de seus problemas de saúde;
  • Natal com a família...
  • Ano Novo com a namorada e depois com a família... 
  •  
Enfim, como diz Roberto Carlos: "São tantas emoções..." que, as vezes acabamos nos esquecendo das maravilhas que acontecem em nossas vidas, com certeza teve tantas coisas boas mas estas são as que me recordo e que me orgulho demais. Sem dar nomes as bois, mas a parada foi tão significante pra mim que nem sei como agradecer a quem esteve ao meu lado, nem sempre foi fácil mas foi proveitoso e gostoso; ter possibilitado um diálogo maior entre a realidade que vivo e as necessidades que aqui existe me fez enchergar que ainda tenho muito que fazer, construir e realizar em parceria, em coletivo com a galera que quer realizar a mudança, a diferençana na quebrada de Ermelino Matarazzo.

Gostaria de deixar bem claro que a luta, minha e nossa continua neste ano, e temos muito o que fazer, suar e gritar por ter nossos direitos respeitados e efetuados. Não é fácil, mas quem disse que seria molesa?

Um feliz 2011 pra todos/as nós e um muito obrigado pra quem passa aqui apenas pra ver o que tem de novidade, isso me deixa contante pra caramba.

E isso é só o começo, abracios, fui.

"NÃO SE CORROMPER, PRA NÓIS JÁ É VITÓRIA" CRIOLO DOIDO.

2011 É NOSSO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

 xCHEx.

4 comentários:

Carla disse...

Que lindo vida!

Estou muito feliz em saber que estive presente em todos estes momentos citados, que foram fantásticos e muitas vezes surpreendentes...rs.

Parabéns pelas realizações de 2010!
E a luta continua...

Estamos juntos em tudo companheiro, e que este ano de 2011 seja incrível!

Te amo!

Beijo,

Carla

Barraco Das Ideias disse...

estava fazendo um som novo faz um tempo ele diz assim "varios aperreios q passei mas sobrevivi e o R.Carlos me ajuda no refrão, o importante é que emoções eu vivi"
valeu mano abração!

vandei disse...

Me orgulho sempre de ti irmão.
Ler o que tu escreve sempre me traz esperança.
Saber celebrar o novo é ter certeza que nossa história valeu a pena.

Te amo sempre.

Zé.

Rogério disse...

Prá ti, as palavras do poeta!

Fé na vida
Fé no homem (e na mulher tb)
Fé no que virá!
Nós podemos tudo
Nós podemos mais
Vamos lá fazer o que será!

(Nunca pare de sonhar - Gonzaguinha)