segunda-feira, 2 de março de 2009

LETRAS E PALAVRAS DE UMA PESSOA SONHADORA.

O Rascunho.


Estamos com sede de viver
E tendo um grande medo de
Morrer.
Com a possibilidade imensa
De sonhar e não
Voltar

E se não aguentarmos a pressão
O que faremos então?
E se caírmos no chão? Não, não...
Não levantaremos não.

A tempestade vai voltar
E o vento forte vai soprar
Mas não temos nem um auxílio no caminho
Para que podemos percorrer, lutar e
Vencer.

A FORTALEZA está londe de se ver
Os nossos olhos estão fracos pra
reconhecer
O que aquilo vai apresentar
E se mostrar diante de nosso
Olhar.



Vander Clementino Guedes
2005.




Começo sem fim.


Não quero saber de coisas
Que deixei para trás
Agora só quero saber
O que o futuro me trás.

Não quero ter na vida
O começo de um fim
Nem o fim de um começo
Quero o início de um começo sem fim...

Onde o passado fique todo para trás
E o decorrido não me importa mais
Mas sem esquecer o que me trouxe aqui
Os amigos e a família.

E as pessoas que querem bem
E pode ser difícil de entender
Por que o resto não me importa mais
E o que me importa é o que o FUTURO me trás.


Cleiton, Diego e Vander.
2005



Um lugar no meio do nada


Andando entre covas e pisando
no barro escorregadio, percebi
uma coisa estranha. Pra que ser
tão duro se a sujeira incomoda tanto.

Seguindo em frente vejo rosas sem
vida e seus espinhos desmantelados.
Em um lugar simples e frio
com o ar bem agradável.

É estranho pra ti essa sensação
Mas eu não tenho culpa se sangra forte o meu
coração.

Minha próxima morada eu não seionde fica,
pode ser perto ou longetanto faz,
com certeza será melhor do que aqui,
distante da tristeza e da GANÂNCIA

Pode ser que eu volte um dia
e andar naquele lugar sem encherga como queria.
Ou ficar onde estou com a tristeza e o rancor
e ver aquelas rosas brilharem no meio do
nada.



Vander Clementino Guedes
2005.



Olhando ao meu arredor.


Pra que pensar que está

tudo acabado, olhe para o lado


e veja o que já se passou.


Ao seu arredor só encherga-se


a desgraça e a própria dor.


Mas não se esqueça daquilo


que viveu, ou do que vai viver ainda.


A vida é curta, nós sabemos


pra que se suicidar então.


Temos problemas até demais


mas não adianta desistir.


A vida é curta, nós sabemos


Então, pra que se iludir?


Temos que vive o hoje e


não pensar no amanhã que virá, lembraremos


do que vivemos ontem e vamos


seguindo em frente.


Mas nunca se esqueça de olhar


pro seu lado e deparar com


o que aconteceu, pode ser difícil entender,


Mas fazer o que então??? Isso passa...


Nunca seja indiferente e


tente ser mais puro e real.


Pode ser difícil, eu sei mas


não deixe que isto te CORROA.


Olhe ao seu arredor e veja


aquilo que tanto te magoa.


Vander Clementino Guedes
2005.





Nenhum comentário: